LEITURAS INDICADAS

 

ALMEIDA, M.T.P, GIMENES, B.P., TEIXEIRA, S.R. O., CAMPOS, M.C.M. (orgs)

Cultura Lúdica Híbrida: Práticas Inovadoras. Livro E-Book. Fortaleza: Instituto Nexos, 2020.

 

BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 8. ed. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 2012 (Obras Escolhidas, v. 1).

 

BENJAMIN, W. Reflexões: a Criança, o Brinquedo, a Educação. São Paulo: Ed. 34.

 

BOMTEMPO, E. e GOING, L.C. Felizes e Brincalhões. Rio de Janeiro, WAK, 2012.

 

BROUGÈRE, G. Brinquedos e Companhia. Trad. Maria Alice Sampaio Doria.  São Paulo, Cortez, 2012.

 

BROUGÈRE, Gilles. Jogo e educação. Tradução Patrícia Chittoni Ramos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

 

CARNEIRO, M.A.B. Brinquedos e brincadeiras: formando ludoeducadores. São Paulo: Articulação Universidade Escola. 2003.

 

CARNEIRO, M.A.B. (organização) Cócegas, Cambalhotas e esconderijos: Construindo cultura e criando vínculos. São Paulo: Articulação/ Universidade Escola disponível na internet

 

CARNEIRO, M. A.B. e Dodge, J. A descoberta do brincar. São Paulo: Melhoramentos/ Nova Companhia (2007)

 

CARNEIRO, M. A.B. e Kato, R. (org.) O programa de educação tutorial na Universidade Católica de São Paulo: Contribuições na Formação de Profissionais. São Paulo: Artgraph, 2016.

 

CARNEIRO, M. A.B.  Os desafios e possibilidades de uma brinquedoteca na universidade. Almeida, M. T. P. (org) O Brincar e a brinquedoteca. Fortaleza: Premius, 2011.p.151-170.

 

 CARNEIRo, M. A. B.. O brincar e suas contribuições para a infância uma metodologia privilegiada para a educação infantil. In Angotti, M. (org). Campinas Alínea , 2012. p.89-104.

 

CARNEIRO, M. A. B..Brincando com o corpo. In: Discorpo: Revista do Departamento de Educação Física e Esportes da PUCSP. São Paulo : Departamento: março 1994. P. 49-58.

 

CARNEIRO, M. A.B. Alternativas para uma educação transdisciplinar: briquedoteca, brinquedos e brincadeiras in: Noffs, N. A.; Fabrício. N.C. e Souza, V. de C.B. (org) A psicopedagogia em relação ao espaço transdisciplinar. São Paulo Frontis, 2000. p. 117-124.

 

 CARNEIRO, M. A.B. Prefácio. In: Jóia, A. Brincar e aprender: dimensões indissociáveis no desenvolvimento da criança 1a. ed. Curitiba: Appris, 2018.2-45

 

CARNEIRO, M. A.B.. Brincar uma atividade tão importante. In Lauria, N.S. Quintal... saudade ou utopia. Salvador: EDUNEB, 2013. p.31-34.

 

CARNEIRO, M. A.B.. e Crespo, K. A.A linguagem da comida: um projeto criativo em uma escola de educação infantil. In Suanno, M.V.R.: Dittrich, M. G. Maura, M. A.P..(org). Resiliência, criatividade e inovação: potencialidades transdisciplinares na educação. Goiânia: UEG/ América, 2013 p.147-162

 

 CARNEIRO, M. A,.B. Criatividade : um potencial a ser desenvolvido em profissionais da educação Infantil. In Suanno, M.V.R.: Dittrich, M. G. Maura, M. A.P. (org). Resiliência, criatividade e inovação: potencialidades transdisciplinares na educação. Goiânia, URG, 2013.p131-146.

 

 

COLEÇÃO “CLÁSSICOS DO JOGO” - EDITORA VOZES.

 

1. GUTTON,  Philippe.  O  brincar  da  criança:  estudo  sobre  o  desenvolvimento  infantil.  Petropolis,  RJ:  Vozes,  2013.

 

2.  NEGRINE,  Airton.  Simbolismo  e  jogo. Petrópolis,  RJ:  Vozes,  2014. (

 

3.  DECROLY,  Ovide;  MONCHAMP,  Eugénie.  Iniciação  à  atividade intelectual e motora pelos jogos educativos. Petropolis, RJ: Vozes, 2015.

 

4. VIAL, Jean. Jogo e educação: as ludotecas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

 

5.  GARVEY,  Catherine.  A  brincadeira.  Petrópolis,  RJ:  Vozes,  2015.

 

6. SUTTON-SMITH, Brian. A ambiguidade da brincadeira. (Revisão Técnica da Tradução de Tânia Ramos Fortuna). Petropolis, RJ: Vozes, 2017.

 

7. CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. (Revisão Técnica da Tradução de Tânia Ramos Fortuna). Petropolis, RJ: Vozes, 2017.

 

CUNHA, N.H.S. Brinquedoteca: um mergulho no brincar. 4. ed. São Paulo: Aquariana, 2007.

 

FRIEDMANN, A.(org.) O direito de brincar: a Brinquedoteca. 2a ed. São Paulo: Scritta: ABRINQ, 1992. 260 p.

 

FRIEDMANN, A. A Criança na brinquedoteca. Revista Criança, Brasília: Ministério da Educação e do Desporto, n. 27, p.5-8, 1994.

 

GARON, D. Classificação e analise de materiais lúdicos – o sistema ESAR. In: FRIEDMANN, A. (et al.). O direito de brincar. São Paulo: Scritta, ABRINQ, 1992. 171-181 p. Disponível em: http://abrinquedoteca.com.br/pdf/49ain.pdf

 

GIMENES, B. P. O jogo de regras nos jogos da vida. São Paulo: etor, 2000.

 

GIMENEZ, B. P. e TEIXEIRA, S. R.O. Brinquedoteca: Manual em educação e saúde. SP: Ed. Cortez. 2011.

 

GIMENES, B. P. Psicomotricidade e o brincar: conceitos e atividades lúdicas. In: ALMEIDA, M.T.P. (org.). O brincar e a brinquedoteca: possibilidades e experiências. Fortaleza, Ceará: Premius, 2011.

 

GIMENES, B. P.; GOMES, V. M. O pensamento matemático e a socialização da criança por meio de jogos de regras: aspectos multidisciplinar e lúdico dos jogos de percurso e do pega-varetas. In: ALMEIDA, M.T.P. (org.). O jogo, o brinquedo e a criança. Fortaleza, Ceará: Premius, 2013.

 

GIMENES, B. P.; GOMES, V. M. O jogo lúdico entre bexigas, papel e pets na aprendizagem: capacitação de educadores para ensinar física e matemática brincando. In: ALMEIDA, M.T.P. (org.). O jogo e o lúdico: suas aplicações em diferentes contextos. Fortaleza, Ceará: Premius, 2013.

 

GIMENES, B. P. Jogos e brinquedos multidisciplinares: sucatas, criatividade e brincar/jogar. Rio de Janeiro: WAK, 2017. v. 1 (Coleção Fazer, jogar.... Sentir e compreender).

 

GIMENES, B. P.; TEIXEIRA, R. S. O. Brinquedoteca terapêutica. In: ASSUMPÇÃO Jr., F. B.; KUCZYINSKI, E. Tratado de Psiquiatria da Infância e da Adolescência. 3ª. ed. São Paulo: Atheneu, 2017.

 

GIMENES, B. P. ALMEIDA, M.T.P.A., CAMPOS, M.C. M., TEIXEIRA, S.R.O., PETERS, L. L. (orgs.). Brincar: diálogos e discussões sobre o lúdico. E-book (gratuito). 1ed. Várzea Paulista: Foutoura Editora Ltda, 2019, v. I.

 

GIMENES, B. P. Jogos e brinquedos multidisciplinares para brinquedotecas: sucatas, criatividade e brincar/jogar. Rio de Janeiro: WAK, 2019. v. 2 (Coleção Fazer, jogar.... Sentir e compreender).

 

GIMENES, B. P. O brincar e a saúde mental. In: VIEGAS, D. Brinquedoteca Hospitalar: isto é humanização. 3ª. ed. Rio de Janeiro: WAK, 2020.

 

GOING, L. E BOMTEMPO, E. Felizes e Brincalhões: uma reflexão sobre o lúdico na Educação. Rio de Janeiro, Wak, 2012

 

KOBAYASHI, M. C. M. Classificação dos objetos lúdicos. Revista Direcional Educador. Ano 5, edição nº 50, março/2009, p. 12-15.

 

KISHIMOTO, T. M. Diferentes tipos de brinquedotecas. In: Friedman, A.; Michelet, A.; Aflalo, C. et al. O direito de brincar: a brinquedoteca. 2ª ed. São Paulo: Scritta, 1994; p.51-59.

 

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. (Org.). 2. ed., São Paulo: Cortez, 1997.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogos infantis: o jogo, a criança e a educação.7. ed., Petrópolis: Vozes, 2000.

 

MEIRELLES, Renata. Giramundo e outros brinquedos dos meninos do Brasil. São Paulo: Ed. Terceiro Nome, 2007.

 

MICHELET, A. Classificação de jogos e brinquedos – a classificação ICCP. In: FRIEDMANN, A.,et al. (Org). O direito de brincar. São Paulo: Scritta, 1998. p. 159-172.SANTOS, Santa Marli Pires dos. (org.). Brinquedoteca: a criança, o adulto e o lúdico. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. 184 p.

 

OLIVEIRA, V.B. A brincadeira e o desenho da criança de zero a seis anos. In V.B. Oliveira e N.A.Bossa (orgs) Avaliação psicopedagógica da criança de zero a seis anos. Petrópolis, Vozes, 20ª. Ed., 2012.Pp. 21-56.

 

OLIVEIRA, V. B. (org).  Brinquedoteca: Uma visão internacional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

 

OLIVEIRA, V. B. (Org.). O Brincar e a Criança do Nascimento aos Seis Anos (10a. ed.). Petrópolis, RJ.: Vozes, 2012.

 

OLIVEIRA, V.B.; SOLÉ, M.B.; FORTUNA, T.R. Brincar com o outro: caminho de saúde e bem-estar. Petrópolis: Vozes, 2010.

 

WINNICOTT, D.W. O Brincar e a Realidade, Rio de Janeiro, Imago, 1975.

 

WAJSKOP, Gisela. Brincar na pré – escola. São Paulo: Cortez, 1995. 120 p

 

SARMENTO, M. J. As culturas da infância nas encruzilhadas da 2ª Modernidade. Disponível: http://cedic.iec.uminho.pt/textos_de_trabalho/textos/encruzilhadas.pdf.  Acesso em: 8 abr. 2014.

 

TEIXEIRA, S. R.O. Jogos, Brinquedos, Brincadeiras e Brinquedotecas. Rio de Janeiro: WAK, 2012.